Masonry Gallery Categories
A importância da imagem do produto

01 abr Imagens dos produtos na loja virtual fazem parte do processo de compra

A imagem do produto é a máxima representação que o consumidor terá daquilo que almeja adquirir, por isso ela deve passar “confiança”

O que faz você decidir por um produto comprado no mercado virtual? Preço, confiança no site, gosto pela marca, descrição do produto. Sim, são vários elementos que associados trabalham para alcançar a conversão. E um desses, não menos importante, mas muito esquecido para a conclusão do processo de compra, é a qualidade da imagem.

A imagem do produto é a máxima representação que o consumidor terá daquilo que almeja adquirir, por isso ela deve passar “confiança”. Confiança essa que, muito provavelmente, não será alcançada com fotos de baixa qualidade, sem zoom, de produtos danificados ou até mesmo imagens que são um desenho e não uma foto.

Uma das grandes vantagens do comércio offline frente ao online é a possibilidade do cliente poder tocar, experimentar, visualizar o produto. Como isso é impraticável no e-commerce, as empresas precisam aprender a usar vários recursos para tentar suprir essa necessidade.

Mostre o produto por completo

Muitas lojas para reforçar aquilo que é diferencial no produto, fazem fotos apenas com esse foco. Isto é importante sim, mas não se deve esquecer do restante do produto. Por exemplo, uma máquina de lavar roupa que tem um novo processo de lavagem e de distribuição dos produtos. Não basta ter imagens apenas dessas novidades. O comprador vai querer visualizar todo o produto, mesmo que seja extremamente parecido com os outros.

Mostre o produto sendo usado

Além de selecionar imagens do produto por completo e dos seus detalhes, escolha também fotos em que o produto está sendo usado ou como ele poderá ser utilizado. Se é uma roupa, calçado, é importante ter uma modelo com a mesma. Caso seja um aparelho celular, pode-se mostrar uma mão segurando-o para que a pessoa tenha ideia do seu tamanho.

É claro que a loja precisa apresentar a descrição do produto, dizendo o tamanho da saia, o salto daquele sapato e a dimensão da tela do celular. Mas, mostrar o produto sendo utilizado, aproxima o cliente e permite que ele o visualize de uma maneira mais afetiva. Por exemplo:

 −    Uma loja de alimentos e brinquedos para cães e gatos:
Na loja 1: as fotos são apenas dos produtos
Na loja 2: as fotos são dos produtos e também da sua associação com os animais

 −    Uma loja de vinhos e bebidas refinadas:
Na loja 1: as fotos são apenas das garrafas de bebidas
Na loja 2: as fotos são das garrafas de bebidas e também de alimentos e pessoas em situações apropriadas para o seu uso.

As lojas dos exemplos dois, além da informação sobre o produto, poderão criar elos de afinidade. “Eu vou comprar essa ração. O cachorro da foto é muito parecido com o meu” ou ” Essa bebida combina direitinho com o prato que eu estava pensando em fazer”, podem ser alguns dos muitos pensamentos que direta ou indiretamente afetarão o consumidor positivamente ao visualizar as imagens disponíveis. Assim, os produtos ambientados humanizam e ajudam o cliente a visualizá-lo em seu próprio contexto.

Mostre o produto de maneira original

O ideal é que a loja tire as suas próprias fotos e não dependa somente de fotos do fabricante. Essa troca possibilitará que se explore mais o produto e, depois será possível identificar que tipo de foto vende melhor.

Mostre o produto em vídeo

Lembre-se que um vídeo também é imagem, na verdade é a soma de várias imagens, certo?! Além de ser mais uma possibilidade de demonstrar seu produto de maneira original e criativa, o vídeo ainda proporciona credibilidade à loja. Ele dá a sensação da real existência de um e-commerce confiável e  que oferece bons produtos.
O vídeo também pode servir de anúncio ao ser divulgado nas redes sociais, blogs e outras mídias da loja. Só tenha cuidado com a sua produção, pois essa é uma ótima arma, mas é preciso saber usá-la. Assim, aprenda a manuseá-la de maneira correta para não dar um “tiro no pé”.

Inove! Seja criativo! Faça o seu ambiente virtual um lugar aconchegante, que atraia seus consumidores. Assim, como no mercado offline, a vitrine, os manequins são essenciais para as vendas, na loja virtual, as imagens também fazem parte do processo de conclusão de compra.

Posts relacionados: