Masonry Gallery Categories
plano de negócio

24 out Como criar um plano de negócio?

Você pretende abrir um negócio? Ou melhor, pretende abrir um negócio de sucesso?

Então, é indispensável que você estude bastante seu mercado, entenda os passos que você precisa dar e principalmente o que planejar. O plano de negócio irá orientá-lo na busca de informações detalhadas sobre o mercado, os produtos e os serviços a serem oferecidos, bem como possíveis clientes, concorrentes, fornecedores e, principalmente, sobre os pontos fortes e fracos do negócio, contribuindo assim para identificar se a ideia e a empresa têm chances de ter sucesso, e qual é o melhor caminho para atingi-lo.

Veja o que é esse plano de negócio e como elaborá-lo.

O que é um plano de negócio?

O plano de negócio é um documento que descreve por escrito os objetivos de negócio e quais passos devem ser dados para que esses objetivos sejam alcançados, diminuindo os riscos e as incertezas. Além disso, permite identificar e restringir seus erros no papel, ao invés de cometê-los no mercado. Ou seja, o plano de negócio irá te dar a certeza se a ideia de abrir a sua empresa, irá dar certo ou não.

Para ficar mais claro o que é um plano de negócio, veja esse vídeo do SEBRAE:

Como criar um plano de negócio?

Para criar um plano você precisa já ter uma ideia de negócio em mente. O plano irá te ajudar a amadurecer essa ideia conforme for detalhando em cada etapa. Então, siga os passos abaixo para construir um plano:

1 Descreva a ideia de negócio

Nessa etapa precisa descrever o negócio que quer investir. Deverá constar detalhadamente os seguintes itens:

  • Resumo dos principais pontos do plano de negócio (Deverá detalhar: o que é o negócio, principais produtos/serviços, seu público alvo, onde será o local da empresa, investimento, faturamento, lucro que espera e quanto tempo espera para ter um retorno do investimento).
  • Dados dos empreendedores, experiência profissional e atribuições. (Caso você irá abrir seu negócio com um amigo ou conhecido, precisa ter bem claro em mente e no papel, quem vai fazer o que, e quais suas experiências, o que essa pessoa irá atribuir ao seu negócio. Esse item irá ajudar você a não cometer o erro de abrir um negócio com uma pessoa só porque ela é sua amiga).
  • Dados do empreendimento (Aqui irá dar um nome para seu negócio, e caso tenha já CNPJ cadastrado, cite aqui também).
  • Missão da empresa (Escreva qual o papel que seu negócio irá desempenhar em sua área de atuação).
  • Setores de atividades (Defina em que área seu negócio irá atuar, exemplo: indústria, comércio, entre outros).
  • Forma jurídica (Aqui determina a maneira pela qual ela será tratada pela lei, assim como o seu relacionamento jurídico com terceiros).
  • Enquadramento tributário.
  • Capital social (é representado por todos os recursos colocado pelo proprietário para a montagem do negócio, como: dinheiro, equipamentos, ferramentas, etc.).
  • Fonte de recursos (Quais recursos usar e como obtê-los)

2 Análise de mercado

Essa é uma das etapas mais importante. Onde é preciso estudar os seus futuros clientes, concorrentes e fornecedores. Deverá detalhar os seguintes pontos:

  • Quem é seu público alvo?
  • Comportamento do consumidor
  • Quem são seus concorrentes (Quanto mais informação possuir deles, melhor).
  • Fornecedores (Faça um levantamento de quem serão seus fornecedores).

3 Plano de Marketing

Nessa etapa você ira detalhar os 4 Ps do marketing e estudar cuidadosamente cada um deles.

  • Descrição dos principais produtos e serviços.
  • Estudo estratégias de preço
  • Estratégias promocionais
  • Estrutura de comercialização (Onde irá vender, será e-commerce, loja física, etc).

4 Plano Operacional

Aqui deverá ser estudado o que sua empresa precisa utilizar para começar a operar. Então, é preciso definir bem os seguintes itens:

  • Layout ou arranjo físico
  • Capacidade produtiva/comercial/serviços
  • Processos operacionais
  • Necessidade de pessoal

5 Plano financeiro

Aqui você irá determinar o total de recursos que será investido para empresa começar a funcionar. Será preciso analisar muito bem os seguintes pontos:

  • Estimativa dos investimentos fixos
  • Capital de giro
  • Investimento pré-operacional
  • Resumo – investimento total
  • Estimativa do faturamento mensal da empresa
  • Estimativa do custo unitário de matéria prima, materiais diretos e terceirizados
  • Estimativa do custo de comercialização
  • Apuração do custo dos materiais diretos e/ou mercadorias vendidas
  • Estimativa do custo com mão de obra
  • Estimativa do custo com depreciação
  • Estimativa dos custos fixos operacionais mensais
  • Demonstrativo de resultados
  • Indicadores de viabilidade (lucratividade, rentabilidade, ponto de equilíbrio e prazo de retorno do investimento)

6 Construção de cenários

Após finalização do seu plano de negócio, simule valores e situações diversas para empresa. Prepare diversos cenários possíveis, tanto negativo quanto positivo. Aqui deve pensar em ações para evitar e previnir problemas, você deve também criar um plano B.

7 Avaliação estratégica

Aqui você irá analisar alguns pontos estratégicos do seu plano e do mercado. Para isso será preciso utilizar a matriz SWOT (também conhecida como matriz FOFA), onde você ira analisar fatores externos (Oportunidades e ameaças do mercado) e fatores internos (força e fraquezas da sua empresa).

8 Avaliação do plano de negócio

Avalie cada uma das informações e lembre-se de que o plano de negócio tem por objetivo ajudá-lo a responder a pergunta: “Vale a pena abrir, manter ou ampliar o meu negócio?”.

#Bônus: Modelo de planilha para criar o plano de negócio

Para ajudar mais ainda a construir seu plano de negócio. Estou compartilhando um software de plano de negócio do SEBRAE, onde irá facilitar sua vida de empreendedor.

Agora que você já tem todo o material que precisa para começar seu plano de negócio, que tal começar a por a ideia de negócio no papel?

Posts relacionados: